Pré-Sono

Imagens de palavras formando pequenas frases em balões de histórias em quadrinhos dentro de minha mente. "Alguém tem um cigarro?", "a retina de meus olhos escuros", "uma música com AL".

Estou sonolento quase em dormência total, "a música". Da última vez perdi o ritmo da música. "O caderno e a caneta estão ali embaixo". Estico o braço para o lado direito. Cochilo. "Salgado".

Acho que tem um delay sintetizado em minha cabeça, um wah-wah em acorde se propagando pelo meu corpo, algo bem eletrônico. Cochilo.

Abro os olhos e vejo palavras formando frases no papel de linhas horizontais paralelas azuis em um pequeno caderno, escrevo algo. Agora já meio acordado, mas quase totalmente sonolento.

Fecho os olhos. Uma conversa de ontem a tarde, um telefonema não atendido, os Simpsons na TV. "A Marge presa em um engarrafamento formado no lixão da cidade, chingando alguns palavrões". Não seria um ferro-velho? Acho que não lembro deste espisódio. Acordo e escrevo.

Os olhos ensaiam um fechar. "Um beijo". "Uma risada". "Dois corpos suados". "Um carinho". Sorrisos. "Preciso muito dormir". "Preciso guardar o caderno". Escrevo algo antes.

Início. In-Término.

"Não confio mais em teu bel prazer."

Um comentário:

Emanuelle disse...

oi


haha
ai ao lado.. contador de historias!! q lindo!

amanha..

=**

nossa viagei demais nesse!
xou!

www.aiegua.com.br - Guia Interativo da Cultura Alagoana

vesteme.blogspot.com - escritos de 2006...


-___________________________________