Para Entender Esses Teus Olhos

(escrito em algum lugar de 2003)

O que mais queres de mim
Se tudo o que eu nem podia
Há muito já é teu?

Nossa cama forrada
Num cômodo agradável
De perfume gostoso

O que mais queres de mim
Se toda minha alegria
Depende de um sorriso seu?

E mesmo quando parece entender-me
Ao logo que o chão se abre
E sempre quase tudo desaba

E nem Orfeu
E nem Eurídice
Nem mesmo eu

2 comentários:

nanda disse...

eu lembro desta poesia!!!
:D

Sabiá da Mata disse...

sabia que lembraria...

www.aiegua.com.br - Guia Interativo da Cultura Alagoana

vesteme.blogspot.com - escritos de 2006...


-___________________________________